Sexta, 20 de Maio de 2022
29°

Pancada de chuva

Recife - PE

Anúncio
Especiais ESG x Moda

ESG investing: moda, marketing ou realidade?

Investir sem monitorar os impactos na sociedade já é algo que não vem sendo aceito no mundo

04/05/2022 às 19h26
Por: Nilton Lemos Fonte: (Fonte: GF Capital)
Compartilhe:
ESG investing: moda, marketing ou realidade?

A consideração séria da dimensão ESG nos negócios veio para ficar. Esse movimento, que ganhou mais força a partir de 2019, é a correção de uma distorção de mercado que fazia o setor financeiro crer que levar em conta aspectos ambientais, de meio-ambiente e de governança nas decisões de investimentos seria um desvio de seu dever.

Acontece que, dos 100 maiores proprietários de capital do mundo, que juntos somam mais de US$ 23 trilhões, 58% dos ativos são de fundos de pensão e quase 35% são de fundos soberanos*.  Ou seja, donos de capital com objetivos de longo prazo. Para esses donos majoritários do capital do mundo, pode ser mais relevante o impacto nas empresas investidas de uma guerra originada por injustiças sociais em 10 anos, do que o impacto isolado dos lucros do ano seguinte.

Até pouco tempo atrás, no entanto, os gestores a quem esses proprietários majoritários de capital delegam a responsabilidade de gerir os seus ativos eram impedidos de levar em conta perspectivas sociais, de meio-ambiente e de governança em suas decisões de investimento. Com o objetivo de proteger os proprietários dos ativos de decisões indevidas de gestores, o conceito legal de dever fiduciário era míope e esses gestores poderiam ser acionados legalmente se fugissem da visão financeira tradicional para escolhas de alternativas de investimentos.

Isso vem mudando muito rapidamente, com precedentes favoráveis ao óbvio: se sou proprietário de ativos que pretendo utilizar no longo prazo, é do meu melhor interesse que os gestores analisem sim e levem em conta os potenciais impactos ESG dos (e nos) meus investimentos. E, no mundo cada vez mais interconectado em que vivemos, potencializado pelas mídias digitais, os aspectos sociais têm impacto cada vez mais direto nos negócios.

Observem inclusive que, no espectro de investimentos no guardanapo que ilustra o texto, ESG não se confunde com os chamados investimentos de impacto, que vão além de monitorar e buscam influenciar positivamente esse impacto. ESG investing está ali colado ao investimento comercial tradicional. Acredito que o último se transformará nele. Investir sem monitorar os impactos na sociedade será tão aceitável quanto dirigir um carro sem cinto de segurança.

Ana Luiza Ferreira - sócia da empresa GF Capital

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Voz & Debate
Voz & Debate
Sobre O Voz & Debate é um espaço coordenado pelo jornalista, Nilton Lemos, sócio-diretor da Voz Comunicação, que tem o objetivo de abrir mais um canal de comunicação e divulgação de conteúdos autorais dos mais diversos segmentos e áreas de atuação. Aqui sua opinião tem importância e espaço. Contribuições no e-mail [email protected] Contem com a gente!
Recife - PE Atualizado às 14h55 - Fonte: ClimaTempo
29°
Pancada de chuva

Mín. 26° Máx. 31°

Sáb 30°C 24°C
Dom 28°C 24°C
Seg 28°C 24°C
Ter 29°C 24°C
Qua 28°C 25°C
Anúncio
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio