Terça, 18 de Junho de 2024
26°

Céu limpo

Recife - PE

Anúncio
Geral Geral

Chuvas já causaram a morte de sete pessoas em São Paulo

Cinco delas de uma mesma família na cidade de Araraquara

30/12/2022 às 11h05
Por: Redação Fonte: Agência Brasil
Compartilhe:

As fortes chuvas que atingiram o estado de São Paulo durante esta semana causaram a morte de sete pessoas entre terça-feira (27) e ontem (29). O balanço foi divulgado pela Defesa Civil estadual. Cinco dessas mortes foram registradas na cidade de Araraquara.

A chuva abriu uma cratera em uma avenida na cidade e um carro que passava pelo local acabou sendo engolido e arrastado pela água. Segundo a Defesa Civil, cinco pessoas da mesma família que estavam no veículo morreram e uma continua desaparecida. A prefeitura de Araraquara decretou luto oficial de três dias em memória às vítimas.

Em Campinas, onde o acumulado de chuva atingiu 183 milímetros, foi registrada a morte de um homem que teve seu veículo atingido por uma árvore. Em São Carlos, as chuvas foram ainda maiores e chegaram a 238 milímetros de acumulado, provocando a morte de uma mulher de 52 anos que foi arrastada pela enxurrada. Em Itupeva, São João da Boa Vista, Sumaré e Monte Mor, as chuvas deixaram diversas famílias desalojadas.

Desde o dia 1º de dezembro até o último balanço feito pela Defesa Civil, que foi divulgado no fim da tarde de ontem, foram contabilizadas 13 mortes em decorrência das chuvas em todo o estado de São Paulo. Três pessoas permanecem desaparecidas.

Segundo balanço da Defesa Civil, 303 pessoas ficaram desabrigadas por causa das chuvas ocorridas durante o mês de dezembro e outras 1.244 foram desalojadas. Ao todo, 54 municípios paulistas foram afetados pelas chuvas de dezembro.

O alerta de chuvas feito pela órgão, na última terça-feira, vigora até hoje (30), podendo ser estendido até o fim de semana.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários